23:28 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    cordão de isolamento de polícia nos EUA

    Três policiais morreram em tiroteio na Louisiana nos EUA

    © flickr.com / Tony Webster
    Mundo
    URL curta
    0 92

    Três policiais morreram em tiroteio na Louisiana nos EUA.

    Vários policiais foram mortos neste domingo (17) em Baton Rouge e foram levados para o hospital, informou o porta-voz da polícia Don Coppola ao canal de TV WAFB, citado pela Reuters.

    "Nós sentimos que agora o local está controlado", disse.

    A polícia de Baton Rouge informou que menos três policiais foram mortos no tiroteio e outros quatro ficam feridos.

    ​Os acontecimentos se desenrolaram apenas uma semana após o FBI emitir um aviso aos policiais sobre a possibilidade de ameaça em Baton Rouge. O documento previa possíveis ações entre 8 e 10 de julho, mas também foram emitidos alertas adicionais de que ativistas radicais poderiam atacar agentes da polícia.

    ​O presumível atirador foi morto durante a operação policial, divulgou o canal de TV NBC, mas nenhumas das informações foram confirmadas oficialmente até o momento.

    Cabe notar que a informação chega uma semana após ter tido lugar uma onda de protestos contra violência policial nos EUA, provocada pela morte de um homem de 37 anos e pai de cinco filhos que foi morto a tiro perto de vários agentes policiais. 

    Além disso, em uma das manifestações em Dallas um atirador abriu fogo contra policiais brancos em ato de protesto, matando um deles.

    Na última semana manifestantes pacíficos participantes de uma ação do grupo Black Lives Matter foram agredidos por policiais, que prenderam indivíduos simplesmente por filmarem os protestos causando renovada indignação em todo o país.

    ​A situação começou se deteriorando quando um grupo que se intitula como o New Black Panther Party começou protestando com armas a mão. A presença de ativistas radicais que se manifestavam em prol do uso das armas agravou a crise ainda mais. As redes sociais se encheram com manifestações radicais e raciais em resposta à brutalidade nas ruas norte-americanas.

     

    ​O New Black Panther Party foi identificado pelo Centro Legal da Pobreza do Sul (Southern Poverty Law Center) como um grupo de ódio nacionalista negro e é considerado muito mais radical do que sua contraparte pacífica Black Lives Matter.

    Mais:

    Confira os 5 problemas mais graves do exército dos EUA
    Tags:
    racismo, mortes, polícia, vítimas, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik