16:07 23 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan (Arquivo)

    Minoria muçulmana na Grécia pede manifestação a favor de Erdogan

    © AFP 2018/ STR / TURKISH PRESIDENTIAL PRESS OFFICE
    Mundo
    URL curta
    Tentativa de golpe militar na Turquia (109)
    0 04

    Um comunicado circulando ente membros da minoria muçulmana na província grega da Trácia convoca uma manifestação perto do Consulado Geral turco na cidade de Komotini em apoio ao presidente turco, Recep Tayyip Erdogan e o governo turco, informou a imprensa neste sábado.

    Segundo o jornal “Vilma”, a declaração assinada pelo Partido da Igualdade, Paz e Amizade, pela Sociedade Cultural e Educacional de Minorias da Trácia Ocidental e pela Associação de Cientistas em Minorias, convoca muçulmanos gregos a irem até Alexandrópolis e tomarem posição contra a “traição vil” de oficiais que pediram asilo na Grécia. 

    Mais cedo, também neste sábado, um helicóptero com oito supostos apoiadores do golpe militar na Turquia pousou em Alexandrópolis. A Turquia pediu à Grécia que os devolvesse ao país. As autoridades gregas responderam inicialmente que devolveriam o helicóptero, mas tomariam o procedimento padrão a passageiros que pedem asilo no país. Mais tarde, porém, o chanceler turco confirmou que a Grécia extraditaria os suspeitos.

    A tentativa de golpe foi contida na manhã deste sábado. O primeiro-ministro turco, Binali Yildrim, declarou que todos apoiadores do golpe haviam sido detidos e que o país estava retornando à vida normal. 

    Mais de 180 pessoas morreram e cerca de 1.470 ficaram feridas durante os acontecimentos. Perto de 3 mil pessoas foram detidas, segundo o primeiro-ministro.

    Tema:
    Tentativa de golpe militar na Turquia (109)

    Mais:

    Turquia prende outro comandante do Exército suspeito de envolvimento no golpe
    Suposto líder de golpe militar é preso na Turquia
    Tanque esmaga homem na Turquia (VÍDEO)
    Primeiro-ministro: 'Situação na Turquia voltou à normalidade'
    Tags:
    apoio, manifestação, muçulmanos, golpe militar, Recep Tayyip Erdogan, Turquia, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik