22:45 24 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Clérigo turco muçulmano Fethullah Gulen

    Erdogan pede a Obama extradição de suspeito em tentativa de golpe

    © AP Photo / Selahattin Sevi, File
    Mundo
    URL curta
    Tentativa de golpe militar na Turquia (109)
    136

    O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, pediu neste sábado ao presidente americano, Barack Obama, a extradição do clérigo oposicionista turco Fethullah Gulen, suspeito de envolvimento com a tentativa de golpe na Turquia.

    Na noite de sexta-feira, autoridades turcas declararam que uma tentativa de golpe estava acontecendo no país. O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, pediu aos cidadãos do país que fossem às ruas, declarando que a tentativa de golpe estava sendo executada por um pequeno grupo de militares.

    Mais tarde, Erdogan e outros oficiais culparam Gulen, que vive nos EUA, e seus apoiadores pela tentativa de golpe. Gulen negou as acusações.

    “Peço ao Presidente Obama que extradite aquela pessoa que viva e um terreno de 400 acres na Pensilvânia”, disse Erdogan, citado pelo jornal Daily Sabah.

    A tentativa de golpe foi contida na manhã deste sábado. O primeiro-ministro turco, Binali Yildrim, declarou que todos apoiadores do golpe haviam sido detidos e que o país estava retornando à vida normal. 

    Mais de 180 pessoas morreram e cerca de 1.470 ficaram feridas durante os acontecimentos. Perto de 3 mil pessoas foram detidas, segundo o primeiro-ministro.

    Por seu lado, o secretário de Estado americano, John Kerry, disse que a Turquia não apresentou um pedido de extradição de Fethullah Gulen e deve apresentar provas significativas para isso acontecer.

    Tema:
    Tentativa de golpe militar na Turquia (109)

    Mais:

    Turquia prende outro comandante do Exército suspeito de envolvimento no golpe
    Suposto líder de golpe militar é preso na Turquia
    Tanque esmaga homem na Turquia (VÍDEO)
    Primeiro-ministro: 'Situação na Turquia voltou à normalidade'
    Tags:
    golpe militar, pedido, extradição, Fethullah Gulen, Recep Tayyip Erdogan, Barack Obama, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik