21:25 03 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Tentativa de golpe militar na Turquia (109)
    0 167
    Nos siga no

    Um dos participantes do golpe militar, membro do movimento inspirado pelo proeminente oposicionista turco Fethullah Gulen, esteve envolvido na morte do piloto do Su-24 russo no ano passado, disse o prefeito da capital turca, Ibrahim Melih Gorcek, à televisão nacional.

    Na sexta-feira (15), na Turquia foi realizada uma tentativa de golpe militar. De acordo com o Estado-Maior turco, 104 golpistas foram mortos, enquanto 47 civis, 41 policiais e 2 soldados morreram nos confrontos. O presidente turco, Recep Tayyip Edrogan, acusou Fethullah Gulen, um crítico do governo autoexilado nos Estados Unidos, de organizar a ação.

    "Foi o 'Estado paralelo' que deteriorou as nossas relações com a Rússia. Foi um incidente no qual um dos dirigentes destas estruturas participou, eu garanto. Ele foi um dos participantes do golpe. Nós não o dissemos até agora. Mas eu, Melih Gokcek, digo que nossas relações se deterioraram por causa desses vilões", disse Gokcek, citado pela CNN turca.

    Ele acrescentou que o golpe visava isolar a Turquia na arena internacional.

    O "Estado paralelo" refere-se à influência, em diversas áreas da sociedade, incluindo no sistema judicial e nas Forças Armadas, dos partidários de  Fethullah Gulen e do seu movimento Hizmet.

    As relações entre a Rússia e a Turquia deterioraram-se quando um avião russo Su-24 foi abatido em 24 de novembro, 2015, por um caça turco perto da fronteira turco-síria.

    Tema:
    Tentativa de golpe militar na Turquia (109)

    Mais:

    Número de detidos na Turquia durante tentativa de golpe supera 1.500 pessoas
    Rússia e Turquia fazendo as pazes: ministros da Energia se encontrarão este mês
    Tags:
    golpe militar, golpe de Estado, Su-24, Istambul, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar