06:45 27 Maio 2018
Ouvir Rádio
    O emblema do G8

    Ex-premiê do Japão: 'É preciso que a Rússia volte ao G8'

    © AP Photo / Sergey Ponomarev
    Mundo
    URL curta
    6150

    A Rússia deve retornar ao G8 para permitir a resolução efetiva da crise na Ucrânia, acredita o antigo primeiro-ministro do Japão Yukio Hatoyama.

    "No que se toca ao conflito na Ucrânia, por exemplo, a Rússia foi expulsa do G-8 e este se tornou G7. Para lidar com a questão eficazmente, a Rússia deve ser incluída no diálogo", disse Hatoyama durante o Quinto Fórum Internacional na Universidade Tsinghua. 

    Segundo ele, a China também deve ser incluída no G8. 

    "A China, o país com maior população e a segunda economia do mundo, também deve ser incluída neste grupo, o que criará o G9", acrescentou ele. 

    Em 2014, os países do G8 se recusaram a participar na cúpula do grupo dos oito na cidade russa de Sochi por causa da situação na Crimeia, afirmando que eles não queriam se reunir com a Rússia até que esta alterasse a sua posição sobre a Crimeia. 

    Recentemente, o chefe da Chancelaria russa, Sergei Lavrov, disse que Rússia não tenciona tomar nenhumas mediadas para voltar ao G8.

    Mais:

    Ocidente tenta achar via de a Rússia retornar ao G8
    Mídia: Alemanha não quer a Rússia de volta ao G8
    Tags:
    relações, conflito, opinião, diálogo, retorno, G8, Japão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik