04:20 20 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira do grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico)

    Dois árabes-israelenses acusados de planejar juntar-se ao Daesh

    © REUTERS/ Ali Hashisho
    Mundo
    URL curta
    0 11511

    Dois árabes-israelenses residentes da cidade de Nazaré, no norte de Israel, foram acusados por um tribunal do distrito de apoiar e planejar se juntar ao grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico).

    Mahmoud Abdel Fatah, de 24 anos, foi acusado de ter contato com um agente estrangeiro e ter apoiar o Daesh.

    De acordo com a acusação, Fatah utilizou a Internet para acompanhar páginas relacionadas à organização jihadista e para se comunicar com outros de seus seguidores para estudar a possibilidade de aderir ao Daesh na Síria.

    Já Arbiai Ashraf, de 35 anos, foi acusado formalmente de crimes relacionados com armas e por "apoiar uma organização terrorista".

    A acusação afirma que Arbiai possui símbolos pró-Daesh e fotografias ligadas ao grupo jihadista e outras pessoas que planejavam se juntar à organização para combater na Síria.

    Mais:

    Morto ou não? Familiares não confirmam morte de ministro da guerra do Daesh
    Rússia recomeça ataques de bombardeiros de longo alcance, grupo Daesh sofre pesadas baixas
    Brasileiro do Daesh planejou ataque na Rio 2016, diz deputado francês
    França enviará porta-aviões para combater o Daesh no Oriente Médio
    Maior cemitério do mundo, que recebe vítimas do Daesh, tem 5 milhões de corpos
    Tags:
    acusados, Internet, terrorismo, Estado Islâmico, Daesh, Síria, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik