02:45 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Maria Zakharova, representante do Ministério das Relações Exteriores da Rússia

    Zakharova: não sentiremos saudades do antigo ministro das Relações Exteriores britânico

    © Sputnik/ Ramil Sitdikov
    Mundo
    URL curta
    0 48140

    O ministério das Relações Exteriores da Rússia não sentirá saudades de Philip Hammond, que deixou o cargo de ministro das Relações Exteriores da Grã-Bretanha, e dará todo seu suporte ao seu sucessor, Boris Johnson, se este desejar cooperar com Moscou, disse a porta-voz da chancelaria russa, Maria Zakharova.

    Na quarta-feira, a ex-ministra do Interior, Theresa May, assumiu a chefia do governo britânico e agora está novo gabinete de ministros. Ainda na quarta, May indicou o ex-prefeito de Londres e um dos defensores do Brexit, Boris Johnson, para a pasta das Relações Exteriores. Philip Hammond assumiu o ministério das Finanças.

    "O 'livro' das relações russo-britânicas precisa, há tempos, virar esta página, que não foi das melhores na história da cooperação bilateral — se é que podemos chamar isso de cooperação. Por isso, se a parte britânica, sob a liderança do novo chefe da pasta das Relações Exteriores, possuir tal desejo e intenção, ofereceremos nosso apoio", disse a diplomata russa, durante o briefing regular desta quinta-feira, ao comentar a indicação de Johnson. 

    "Posso dizer que não sentiremos saudades do senhor Hammond", concluiu Zakharova.

    Mais:

    Rainha do Reino Unido nomeará seu 13º primeiro-ministro nesta quarta-feira
    Tags:
    relações exteriores, relações bilaterais, Maria Zakharova, Philip Hammond, Boris Johnson, Grã-Bretanha, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik