09:19 29 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 321
    Nos siga no

    O Exército governamental sírio conseguiu atingir progressos durante a operação de liberação de Aleppo.

    A operação foi iniciada na semana passada com participação de milhares de soldados sírios e apoio da aviação russa visando estabelecer o controle sobre a estrada Castillo na região de Aleppo. Em resultado de combates violentos, os militares sírios retomaram aos terroristas a primeira ponte dessa estrada. Por causa disso, todos os acessos à cidade foram bloqueados.

    No início deste ano, o Exército sírio conseguiu cortar as ligações entre os jihadistas e a cidade estratégica síria de Azaz, na fronteira com a Turquia. Castillo se tornou a única rota para abastecimento dos terroristas em Aleppo. Em resultado de ataques aéreos de grande escala, a Frente al-Nusra sofreu danos e teve de ceder nos combates por Castillo. O comando sírio anunciou a região como zona de combate para evitar vítimas entre os civis.

    John Kerry, secretário de Estado dos EUA, conversa com o chanceler russo, Sergei Lavrov, em Viena
    © AFP 2021 / POOL / LEONHARD FOEGER
    Durante os confrontos perto de Castillo, os grupos jihadistas lançaram uma ofensiva no centro de Aleppo usando armas pesadas. O ataque foi parado pelas forças sírias, mas os terroristas atacaram com artilharia os bairros residenciais de Aleppo matando 12 pessoas e destruindo muitos edifícios.

    Agora o centro de Aleppo está sob controle do Exército governamental e os arredores estão sendo controlados por jihadistas. Se os militares sírios conseguirem liberar completamente Aleppo dos terroristas, um milhão de refugiados sírios retornarão à cidade. Antes do início da guerra Aleppo, que era considerada a capital comercial da Síria, tinha 5 milhões de habitantes.

    Mais:

    Daesh sofre importantes baixas na Síria
    Daesh perde um quarto de seu território na Síria e no Iraque desde 2015
    Militares russos registram duas violações ao cessar-fogo na Síria
    Tags:
    ofensiva, terroristas, exército, liberação, operação, Aleppo, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar