02:44 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Mi-24 russo na Síria

    Mídia informa sobre resposta da Rússia à derrubada de Mi-25 na Síria

    © Sputnik/ Dmitry Vinogradov
    Mundo
    URL curta
    38319476

    O helicóptero de combate Mi-25 derrubado na Síria por terroristas pertencia à Força Aeroespacial da Rússia, escreveu nesta segunda (11) o jornal russo Kommersant, citando fontes do comando russo.

    Fontes em órgãos do governo russo afirmaram ao jornal que a derrubada do helicóptero não ficará sem consequências. A resposta ainda não anunciada, mas, de acordo com os interlocutores do jornal Kommersant, o governo russo está considerando várias opções.

    A primeira opção é o aumento de número de bombardeamentos a partir da base Hmeymim e o reinício de uso de mísseis de cruzeiro "Kalibr-NK". A segunda é o envolvimento do porta-avião "Admiral Kuznetsov" na operação antiterrorista. De acordo com o jornal, a aviação do porta-avião pode participar a operação na Síria a partir do final de agosto deste ano.

    O jornal assinala que as medidas podem ser anunciadas pelo ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, ainda esta semana.

    De acordo com o Ministério da Defesa, em 8 de julho na província de Homs, um helicóptero sírio, que realizava um voo de teste, recebeu um pedido da unidade de comando da Síria para atacar os militantes em ofensiva. O capitão, Ryafagat Khabibulin, tomou a decisão de atacar os terroristas. As ações profissionais da tripulação russa freou o avanço dos terroristas. Quando as munições do helicóptero acabaram e a aeronave se virou para voltar, ela foi atingida por um míssil dos terroristas e caiu em uma área controlada pelo exército do governo sírio. A tripulação do helicóptero não sobreviveu. 

    Os pilotos russos, Ryafagat Khabibulin e Yevgeny Dolgin, serão homenageados de forma póstuma.

    De acordo com um comunicado oficial do departamento militar, a tripulação pilotava um helicóptero Mi-25 (versão de exportação do Mi-24), mas ao mesmo tempo a fonte do site russo Lenta.ru informou que o helicóptero derrubado era um Mi-35M.

    Os islamitas derrubaram o helicóptero, provavelmente, por meio de um sistema americano TOW.

    Mais:

    Coalizão liderada pelos EUA faz 26 ataques aéreos na Síria e no Iraque
    Militares russos registram duas violações ao cessar-fogo na Síria
    Daesh perde um quarto de seu território na Síria e no Iraque desde 2015
    Tags:
    consequências, ajuda, pedido, helicóptero, terrorismo, Mi-24, Sergei Shoigu, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik