21:39 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Embaixada dos EUA em Moscou

    Embaixada dos EUA se recusa a comentar status de diplomatas deportados da Rússia

    © Sputnik / Iliya Pitalev
    Mundo
    URL curta
    0 013
    Nos siga no

    A Embaixada dos EUA na Rússia não comenta o status de seus funcionários, afirmou o porta-voz da Embaixada, William Stevens, neste sábado, após Moscou revelar que dois diplomatas americanos tiveram de ser deportados da Rússia.

    Anteriormente, o vice-ministro de Relações Exteriores russo, Sergei Ryabkov, afirmou que dois diplomatas americanos tiveram de deixar a Rússia eforam declarados persona non grata por “atividades incompatíveis com status diplomático.”

    Ambos eram funcionários da CIA, segundo Ryabkov, e um deles se envolveu recentemente em um incidente fora da Embaixada americana em Moscou.

    “Como é nosso procedimento padrão, não discutirei o status de nenhum funcionário fora dos EUA”, disse Stevens à RIA Novosti.

    No dia 6 de junho, relatos indicaram que um guarda do Serviço de Segurança Federal Russo (FSB) posicionado em frente à embaixada teve um confronto físico com um diplomata americano que supostamente estaria tentando entrar no edifício.

    A porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, disse a jornalistas na semana passada que um vídeo do incidente mostra o diplomata americano atacando um policial russo. Ela apontou que o diplomata era um funcionário da CIA voltando de uma operação de inteligência naquela noite.

    Mais:

    Embaixada da Turquia não responde pelas palavras do presidente do país
    Embaixada da Rússia não comenta detenção de espião em Roma
    Assange ganha amigo felino na embaixada
    Tags:
    deportação, diplomatas, Sergei Ryabkov, Maria Zakharova, EUA, Rússia, Moscou
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar