03:00 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente ucraniano Pyotr Poroshenko e o diretor do FMI, Christine Lagarde em Kiev, em 6 de setembro, 2015

    Poroshenko e Lagarde discutem liberação de mais uma parcela da ajuda financeira para Kiev

    © REUTERS / Valentyn Ogirenko
    Mundo
    URL curta
    104
    Nos siga no

    O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, e a diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, descutiram por telefone a liberação de mais uma parcela da ajuda financeira para Kiev, informou o site o do líder ucraniano.

    "O presidente Pyotr Poroshenko realizou uma conversa telefônica com o diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde… Os dois discutiram a liberação da seguinte parcela (do pacote de ajuda financeira)", comunicou o site.

    O comunicado destacou que o presidente da Ucrânia reportou à Lagarde o andamento das reformas no país e as medidas adotadas pra reduzir a corrupção.

    O programa de ajuda financeiro do FMI, com duração de quatro anos, contempla a liberação de 17,5 bilhões de dólares para a Ucrânia. Em março de 2015 foi liberada a primeira parcela do crédito, no valor de 5 bilhões de dólares. Em agosto de 2015 foi liberada a segunda parcela, de 1,7 bilhões. Agora Kiev aguarda a liberação da terceira parcela, que vinha sendo adiada pelo FMI em função da crise política no país, que impedia a implementação de reformas exigidas pelo fundo.

    Mais:

    Opinião: dependência do FMI pode custar caro à Ucrânia
    Acordo com FMI não está finalizado, diz ministério ucraniano
    Oops, Ucrânia ainda não sabe o que significa cooperar com o FMI
    Ucrânia ficará sem créditos se não realizar reformas, diz FMI
    Tags:
    FMI, Christine Lagarde, Pyotr Poroshenko, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar