01:17 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Brexit: reações e consequências (121)
    0 04
    Nos siga no

    O ministro das Finanças dos EUA, Jacob J.Lew, visitará Londres, Paris, Berlim e Bruxelas, de 11 a 14 de julho, para discutir com seus colegas as perspectivas do crescimento e da estabilidade após a decisão britânica de deixar a UE, informou nesta sexta-feira o ministério das Finanças dos Estados Unidos.

    Notas e moedas de libras esterlinas e euros
    © flickr.com / Nic McPhee/ CC BY-SA 2.0
    "Em cada cidade Lew se reunirá com seus colegas estrangeiros, para discutir temas relacionados ao futuro da estabilidade econômica e o crescimento econômico conjunto no Reino Unido, na Europa e em todo o mundo após o referendo britânico sobre a permanência na União Europeia", explica o comunicado do ministério das Finanças.

    O comunicado também destaca que o ministro se reunirá com representantes do setor privados e com principais atores no mercado financeiro para discutir a situação da economia global.

    Em 23 de junho a Grã-Bretanha realizou um referendo para determinar se permanecia ou não na UE. Segundo os resultados oficiais, 51,9% dos britânicos votaram pela saída do país do bloco.

    Tema:
    Brexit: reações e consequências (121)

    Mais:

    Obama apela à OTAN para tomar medidas contra o Daesh, Rússia e Brexit
    'Enfrentem as consequências': Hollande diz que Brexit não pode ser cancelado nem adiado
    'Brexit' supera 'pornô' nas buscas do Google Search
    Consequências do Brexit: nova estratégia europeia abre caminho a exército europeu
    Tags:
    Brexit, Jacob Lew, UE, Grã-Bretanha, Europa, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar