06:44 08 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 113
    Nos siga no

    A construção do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Nuclear na cidade boliviana de El Alto, com apoio da estatal russa Rosatom, começará no dia 31 de julho informou o ministro de Hidrocarbonetos do país, Luis Sánchez.

    “O presidente Evo Morales nos instruiu para iniciar a construção no mês de julho, e faremos de acordo com a Agência Boliviana de Energia Nuclear (ABEN) a partir de 31 de julho”, declarou Sánchez no ato da assinatura dos três convênios que colocarão as obras em andamento, com um investimento de US$ 300 milhões.

    Neste mês, a ABEN assinará outros dois contratos que darão início a estudos geológicos e à posterior construção do laboratório no distrito de El Alto, cidade localizada a 3.600 metros de altitude.

    “Será o centro mais importante da América Latina. O maior, o mais moderno, o mais eficiente para que a Bolívia possa decolar nesta era de Evo”, disse Sánchez.

    No dia 6 de março, o governo boliviano e a Rosatom assinaram um acordo para levar adiante a construção do laboratório, que permitirá ao país sul-americano dar um salto tecnológico no campo da medicina e da indústria alimentícia.

    Mais:

    Protestos deixam dezenas de feridos e detidos na Bolívia
    PF desarticula, com apoio da Bolívia, esquema de tráfico internacional de drogas no Brasil
    Brasil, Argentina e Bolívia discutirão ações contra crimes de fronteira
    Tags:
    construção, centro nuclear, Bolívia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar