12:42 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte

    Coreia do Norte diz que sanções dos EUA são declaração de guerra

    © REUTERS/ KCNA
    Mundo
    URL curta
    0 124683

    A Coreia do Norte qualificou nesta quinta-feira como "declaração de guerra" as sanções adotadas pelos Estados Unidos contra o líder coreano Kim Jong-un.

    Segundo a agência de notícias Kyodo, o Ministério das Relações Exteriores do país pediu a Washington para suspender as sanções imediatamente. Caso contrário, Pyongyang fechará todos os canais diplomáticos bilaterais.

    Em seu comunicado, a chancelaria norte-coreana acusou os EUA de cruzarem a linha vermelha ao ferir a dignidade do líder supremo, o que implicará em uma resposta à altura se as sanções forem mantidas. 

    Na última quarta-feira, o Gabinete de Controle de Ativos Estrangeiros do Departamento do Tesouro dos EUA (OFAC, na sigla em inglês) incluiu o líder norte-coreano Kim Jong-un, dez funcionários de seu governo e cinco entidades em uma lista de sanções por seus laços com supostas violações dos direitos humanos no país.


    Mais:

    Coreia do Sul aumenta 'contingente' de alto-falantes contra a Coreia do Norte
    Surpresa! Será que Coreia do Norte tem armamento norte-americano?
    Coreia do Norte pretende continuar intimidando os EUA
    Tags:
    sanções, Kyodo, Kim Jong-un, Washington, EUA, Pyongyang, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik