21:35 19 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, em encontro com o presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, em Kiev

    EUA prometem garantir segurança durante eleições no leste da Ucrânia

    © AFP 2017/ SERGEI SUPINSKY
    Mundo
    URL curta
    8772014

    Segundo o secretário de Estado americano, os EUA e seus aliados vão trabalhar junto às autoridades ucranianas durante a Cúpula da OTAN para traçar medidas de segurança para as eleições na região de Donbass.

    Os Estados Unidos e seus aliados vão trabalhar junto às autoridades ucranianas durante a Cúpula da OTAN para traçar medidas de segurança para as eleições na região de Donbass, afirmou, nesta quinta-feira, o secretário de Estado americano, John Kerry, em uma entrevista coletiva conjunta com o presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko.

    “Em Varsóvia, os EUA vão continuar nosso trabalho com a Alemanha e a França para traçar um caminho com o Presidente Poroshenko e sua equipe para garantir o nível de segurança necessário que a permitir eleições e os outros aspectos políticos [dos acordos] de Minsk sigam adiante”, disse Kerry.

    No fim de abril, o vice-ministro de Relações Exteriores da Ucrânia, Vadym Prystaiko, afirmou que as autoridades ucranianas estavam prontas a aprovar uma lei sobre as eleições em Donbass e realizá-las no verão (do hemisfério norte). Em junho, o chefe da autoproclamada República Popular de Donetsk, Aleksandr Zakharchenko, declarou que Kiev precisa tomar uma decisão sobre as eleições até 14 de julho.

    A lei sobre as eleições no leste da Ucrânia foi um dos focos dos acordos de Minsk, no ano passado, entre Alemanha, França, Rússia e Ucrânia.

    Mais:

    Stratfor prevê agravamento na luta entre Rússia e OTAN pelo mar Negro
    OTAN: batalhões nos países do Báltico não serão ameaça para a Rússia
    Por que razão a Polônia quer forças da OTAN em seu território?
    OTAN tem medo de que Rússia entenda a aliança de maneira incorreta
    Tags:
    eleições, segurança, John Kerry, Pyotr Poroshenko, Donbass, EUA, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik