01:35 26 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    451
    Nos siga no

    O primeiro-ministro da Rússia Dmitry Medvedev declarou que ainda não foram tomadas nenhumas decisões sobre recomeço dos fornecimentos de legumes turcos, a questão será discutida com Ankara, mas isso não significa que a Rússia "irá correndo imediatamente para abrir tudo".

    Durante a visita de Medvedev ao complexo de estufas da empresa agrícola Matveevskoye, na região de Moscou (que cultiva pepinos e tomates), os jornalistas apresentaram seus receios de que tomates turcos podem de novo suplantar os russos.

    "Não tomámos nenhuma decisão, vamos discutir com os parceiros turcos, o que fazer e como, mas isso não significa que nós vamos correndo imediatamente para abrir tudo. Só uma única decisão foi tomada – relativamente aos roteiros turísticos", disse o premiê.

    Durante a visita, o político foi informado dos detalhes da tecnologia de cultivação dos produtos e ele próprio foi convidado a provar o gosto dos legumes cultivados pela Matveevskoye. Em seguida, Medvedev provou e constatou que os tomates e pepinos eram "excelentes".

    Além disso, o político sublinhou que o governo continuará apoiando o setor agrícola russo, destacando que este recebe volumes sem precedentes de apoio estatal.

    Lembrando da situação com a importação de certos produtos da Turquia, cabe mencionar que a Rússia proibiu-a desde 1 de janeiro de 2016, além de carne e subprodutos de frango e peru.

    Recentemente, as relações turco-russas entraram em fase de recuperação com os contatos diplomáticos reestabelecidos em 1 de julho, o encontro em nível ministerial foi o primeiro em seis meses. As relações entraram em crise devido ao incidente com o avião russo Su-24, abatido pela Força Aérea turca e de que resultou a morte do piloto. Logo depois, Moscou adotou uma série de medidas restritivas contra Ancara, inclusive tocando as importações.

    Na quinta-feira (30 de junho), o presidente russo Vladimir Putin assinou um decreto que suspende uma parte das medidas aplicadas perante a Turquia. Em particular, foram revogadas duas restrições: a recomendação de os cidadãos russos se absterem de viajar para a Turquia e a proibição de voos comerciais para o país. Alguns outros pontos da série de medidas restritivas ainda continuam em vigor.

    Tags:
    agricultura, Dmitry Medvedev, Turquia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar