04:16 17 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Bandeiras da Rússia e União Europeia

    Comitê de defesa do parlamento britânico pediu ampliação das sanções da UE contra a Rússia

    © Sputnik / Vladimir Sergeyev
    Mundo
    URL curta
    8110

    O comitê de defesa do parlamento da Grã-Bretanha pediu a ampliação das sanções da UE contra a Rússia, através da inclusão de maior número de representantes do governo russo na lista de pessoas impedidas de ingressar no bloco europeu, segundo o texto do relatório dos parlamentares, dedicado à influência da Rússia sobre a segurança do Reino Unido.

    O relatório recomenda "agir em prol da renovação das sanções da UE contra a Rússia, bem como avaliar a sua ampliação, por meio da inclusão de um espectro mais amplo de pessoas ligadas ao governo do país".

    As relações da Rússia e do Ocidente se deterioraram em função dos acontecimentos na Ucrânia. No final de julho de 2014, UE e EUA, além de adotar sanções contra pessoas físicas determinadas, passarama implementar medidas de modo a minar setores inteiros da economia russa. 

    Kiev, EUA e UE acusaram Moscou repetidas vezes de ingerência em assuntos internos da Ucrânia. Rússia sempre negou estas acusações, que considera inadmissíveis. Moscou declara não ser uma parte do conflito interno na Ucrânia e manifesta interesse na mais breve recuperação do seu vizinho da atual crise política e econômica.

    Mais:

    OTAN fala em 'rivalidade estratégica' de longo prazo com a Rússia
    Conselho regional da Lombardia pode reconhecer Crimeia e condenar sanções contra a Rússia
    OTAN passa da política de 'não provocar a Rússia' para política de contenção
    'Jogos de guerra de Obama com a Rússia colocam mundo em perigo'
    Rússia reforçará segurança dos voos sobre o mar Báltico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar