07:31 31 Março 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    281
    Nos siga no

    A política atual de aumento da presença militar da Aliança Atlântica está minando a segurança na Europa, disse o porta-voz presidencial russo Dmitry Peskov.

    A declaração foi feita pelo porta-voz de Vladimir Putin nesta segunda-feira (4), durante um briefing a jornalistas.

    "A contínua política expansionista da OTAN mina as bases da segurança europeia, desestabiliza o continente europeu e, claro, causa dano aos interesses nacionais dos países membros da OTAN", declarou Peskov.

    O comentário tem a ver com a situação que se está desenvolvendo desde a primavera de 2014 e com o fato de o contingente estadunidense na Polônia e nos Países Bálticos realizar sua rotação de efetivos no âmbito da operação Atlantic Resolve do exército norte-americano.  Este é apenas um dos vários exemplos de aumento da presença militar da OTAN no Leste da Europa.

    Cabe mencionar também que a OTAN explica a necessidade do aumento de forças na região com a alegada ameaça crescente da Rússia. Dmitry Peskov já tinha dito anteriormente que a Rússia não é uma ameaça, mas que não iria ignorar ações potencialmente perigosas para os seus interesses.

    Mais:

    Putin explica porque OTAN aumenta presença no Leste da Europa
    Tags:
    segurança, OTAN, Dmitry Peskov, Europa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar