20:03 25 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    202610
    Nos siga no

    O ministro das Relações Exteriores turco Mevlut Cavusoglu exclui que Ancara pode autorizar a Rússia a usar a base aérea de Incirlik nas operações contra o grupo terrorista Daesh (também conhecido como Estado Islâmico).

    "Vamos cooperar com todos os que combatem o Daesh. Desde o início estamos lutando e abrimos a base de Incirlik para os que querem participar desta luta de forma mais ativa. Porque não podemos cooperar do mesmo modo com a Rússia? O Daesh é o inimigo para todos nós e precisamos lutar contra ele. É muito importante introduzir na prática este mecanismo de prevenção de quaisquer incidentes indesejáveis. Concordamos neste assunto com Sergei Lavrov [ministro das Relações Exteriores russo]", disse Cavusoglu em entrevista para o canal televisivo TRT.

    O ministro das Relações Exteriores da Rússia Sergei Lavrov e o seu homólogo turco Mevlut Cavusoglu
    © AFP 2021 / ALEXANDER NEMENOV
    Agora a base de Incirlink é usada pela Força Aérea dos EUA, Alemanha, Reino Unido, Arábia Saudita e outros países. Ela é considerada como a base aérea mais oriental na Europa. Incirlik é também a base de uma missão militar do Bundeswehr alemão.

    O deputado da Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo), do Comitê de Defesa, Andrei Krasov, disse que este passo turco é muito positivo.

    "É um passo prático para lutar contra o terrorismo internacional e penso que este passo pode ser saudado. Não são os passos dos nossos 'parceiros americanos' que somente falam mas não fazem praticamente nada", disse o deputado para a agência RIA Novosti na segunda-feira (4).

    Entretanto, o chefe da diplomacia turca, Mevlut Cavusoglu, declarou que na conversa com Lavrov não se tratou da utilização ds base militar turca pela Rússia.

    "Não se falou disso [autorização de usar a base]. Estamos prontos para qualquer cooperação na luta contra o Daesh. Como exemplo demos Incirlik. Vamos cooperar com a Rússia, mas a abertura de Incirlik é impossível", disse Cavusoglu aos jornalistas depois da reunião do governo turco.

    O porta-voz do presidente russo Dmitry Peskov acrescentou também que as partes não discutiram a utilização da base nas negociações. Peskov sublinhou que tal iniciativa exige uma análise do ponto de vista político, bem como militar.

    A Rússia e Turquia atingiram um acordo sobre a crise na Síria, inclusive no que tange à luta contra militantes da Frente al-Nusra. Durante o encontro com Lavrov, Cavusoglu declarou que a Turquia considera como inimigos não somente o Daesh mas também a Frente al-Nusra.

    Tags:
    cooperação, acordo, deputado, militares, terrorismo, base aérea, Frente al-Nusra, Daesh, Mevlut Cavusoglu, Incirlik, Rússia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar