07:52 23 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Abdel Fattah al-Sisi

    Presidente do Egito pede fim do extremismo na retórica religiosa

    © AP Photo / AP/Egyptian Presidency
    Mundo
    URL curta
    151

    O presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sisi, pediu nesta quarta-feira que o mundo islâmico resolva suas diferenças e acabe com o extremismo na retórica religiosa.

    "O mundo islâmico está passando por um momento de virada importante, e está enfrentando desafios sem precedentes para sua existência e seu povo, o que requer esforços de todos nós para colocar as diferenças de lado", disse Sisi, citado pela imprensa local. 

    De acordo com o presidente do Egito, o pensamento radical deve ser detido através de uma "revolução religiosa" no Islã.

    Nas últimas décadas, o extremismo se fortaleceu com o crescimento de diversos grupos radicais que se autoproclamaram defensores do islã puro. A organização terrorista Daesh se tornou o maior exemplo das perigosas consequências desse radicalismo, evidenciada em táticas brutais e inúmeros ataques em diferentes partes do mundo. 

    Mais:

    Opinião: coalizão islâmica mostrará que o terrorismo e o Islã não estão relacionados
    Rússia bloqueia mais de 4,5 mil sites ligados ao terrorismo e extremismo
    Tags:
    extremismo, religião, islamismo, islã, Daesh, Abdel Fatah al-Sisi, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik