23:26 25 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Chanceler francês Jean-Marc Ayrault (direita) com o chanceler russo Serguei Lavrov em Paris

    França quer eliminar sanções contra a Rússia 'o mais rápido possível', diz chanceler

    © AFP 2018 / PATRICK KOVARIK
    Mundo
    URL curta
    9182

    A França quer remover as sanções contra a Rússia "o mais rápido possível", anunciou nesta quarta-feira (29) o ministro das Relações Exteriores francês, Jean-Marc Ayrault, após negociações em Paris com o chanceler russo, Sergei Lavrov.

    "As sanções não são um fim em si mesmos. Queremos o levantamento das sanções o mais rápido possível", disse o alto diplomata francês. 

    Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e presidente da França, François Hollande
    © Sputnik / Alexey Nikolsky
    No entanto, Ayrault sublinhou que "este processo está relacionado ao cumprimento dos acordos de Minsk" e disse que "a Rússia deve desempenhar um papel positivo" neste contexto.

    "Desde o início do ano, temos realizado uma série de reuniões com Sergei Lavrov e todos os nossos contatos revelam um desejo de diálogo sincero", disse o chanceler francês, acrescentando que "a Rússia e a França são parceiros e devem trabalhar juntos".

    Além disso, Ayrault lembrou que empresas francesas ficaram na Rússia e continuam operando no país, apesar das dificuldades e da complexa situação política.


    Mais:

    Embaixador: empresários poloneses querem fim das sanções contra Rússia
    Merkel: Prolongamento de sanções contra Moscou é inevitável
    Senado italiano rejeita projeto de abolição das sanções contra Rússia
    Rússia afirma que não tem lógica vincular sanções aos Acordos de Minsk
    Pomo de discórdia: UE dividida na questão das sanções
    Tags:
    Acordos de Minsk, sanções, Jean-Marc Ayrault, Sergei Lavrov, França, Paris, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik