07:56 25 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Encontro entre o chanceler russo, Serguei Lavrov, e o seu colega francês,Jean-Marc Ayrault, em 29 de junho de 2016, Paris

    Lavrov: contato direto entre Kiev e Donbass é crucial para resolução da crise ucraniana

    © REUTERS / Jacky Naegelen
    Mundo
    URL curta
    131

    O diálogo direto entre Kiev e Donbass é a mais importante condição para a resolução da crise ucraniana. A declaração é do ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, durante reunião com o seu colega francês, Jean-Marc Ayrault.

    "Nós falamos da Ucrânia. Sobre ‘formato da Normandia' em que a Rússia e a França cooperam estreitamente através das chancelarias e também através dos assessores dos líderes dos quatro Estados", disse o ministro russo.

    "Os contatos foram intensificados nos últimos dias e semanas, visando ‘quebrar o impasse’ da implementação dos acordos de Minsk, acertados aqui, em Paris, em 2 de outubro de 2015 em uma reunião da presidentes da Rússia, França, Ucrânia e a chanceler alemã", disse ele.

    "A condição mais importante para o progresso, conforme estipulado pelos acordos de Minsk e a resolução do Conselho de Segurança da ONU, é o estabelecimento de um diálogo direto entre Kiev e Donbass sobre todas as questões da resolução do conflito", disse Lavrov.

    Mais:

    Rússia afirma que não tem lógica vincular sanções aos Acordos de Minsk
    Kiev sabota acordos de Minsk: prazo indicado por Washington é inviável
    Acordos de Minsk podem ser implementados até o fim do mandato de Obama
    Donetsk: Kiev trata acordos de Minsk como cardápio
    Chancelaria: Não há ligação entre acordos de Minsk e Savchenko
    Tags:
    Acordos de Minsk, crise, Sergei Lavrov, Kiev, Donbass, França, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik