20:07 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Presidente francês Francois Hollande e premiê italiano Mateo Renzi em Paris

    Itália e França pedem reforma da UE após o Brexit

    © REUTERS / Philippe Wojazer
    Mundo
    URL curta
    Brexit: reações e consequências (121)
    252

    O primeiro-ministro italiano Matteo Renzi disse hoje (27), em entrevista coletiva com o presidente francês François Hollande, que a saída do Reino Unido da União Europeia poderia marcar o início de uma nova era em uma Europa reformada.

    "Estamos tristes com a decisão tomada pelos cidadãos britânicos, mas também é tempo para escrever uma nova página na história da UE baseada sobre o que nos une e não sobre o que nos divide (…) Isso deve acontecer mais rápido", disse Renzi.

    "Estamos virando a página”, acrescentou o premiê, afirmando ser necessário “elaborar uma estratégia para os próximos meses que se concentre no que a Europa deve se tornar". 

    Para Renzi, segurança, crescimento e juventude devem ser os temas priorizados na nova agenda do bloco.

    Por sua vez, o presidente da França, François Hollande, observou que o Conselho Europeu terá uma agenda movimentada em setembro.

    "Queremos melhorar as operações da UE para torná-las mais rápidas, mais flexíveis e transparentes para a população. Estas são as conversas que vamos manter nas próximas semanas", disse o chefe de Estado francês.


    Tema:
    Brexit: reações e consequências (121)

    Mais:

    Kremlin: não precisa comparar o colapso da União Soviética com Brexit
    Hollande rejeita chance de referendo como Brexit na França
    ‘Brexit pode ser presságio de vitória de Trump nos EUA’
    Tags:
    reforma, Brexit, União Europeia, François Hollande, Matteo Renzi, Reino Unido, França, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik