08:42 22 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    A safra na região de Krasnodar

    Empresas alemãs respondem a sanções localizando produção na Rússia

    © Sputnik / Vitaliy Timkiv
    Mundo
    URL curta
    1242

    As empresas alemãs estão respondendo às sanções impostas à Rússia e às contrassanções de Moscou localizando a produção na Rússia, escreve agência Die Welt no domingo.

    As sanções criaram obstáculos para o comércio com a Rússia, mas as empresas alemãs respondem instalando suas usinas na Rússia escreve o economista Carsten Dierig no domingo.

    Dierig citou as estatísticas do Banco Federal Alemão que mostram uma alteração fundamental e um aumento recorde dos investimentos alemães na Rússia desde a primeira ronda das sanções em 2014.

    "Enquanto em 2014 os investidores alemães se afastaram da Rússia e foi observada uma enorme saída de capitais, agora o pêndulo está no outro lado".

    “Em 2015 o investimento direto das companhias alemãs [na Rússia] aumentou para 1.78 bilhões de euros [R$ 6,65 bilhões], valor que foi excedido nos anos de boom de 2006 a 2008 e em 2010”.

    "Um novo valor recorde pode ser alcançado em 2016. De acordo com o Banco Federal, o investimento total direto da Alemanha no primeiro trimestre chegou a quase 1,1 bilhão de euros [R$ 4,11 bilhões]".

    O investimento é dirigido para diversos sectores. Por exemplo, 120 milhões de euros (R$ 448 milhões) estão sendo investidos pelo fabricante de máquinas agrícolas Claas na produção de colheitadeiras na fábrica em Krasnodar, região no sul da Rússia, perto de Sochi.

    A maior empresa de laticínios da Alemanha, a DMK, está prestes a adquirir um concorrente russo, e a Bionorica, fabricante de medicina natural, planeja investir cerca de 30 milhões de euros (R$ 112 milhões) em produção de seus produtos na cidade russa de Voronezh.

    Entre as vantagens para as empresas alemãs de investir na Rússia estão a baixa cotação do rublo e os benefícios de longo prazo que o governo russo oferece aos investidores estrangeiros.

    Mais:

    Alemanha: É necessário reiniciar o diálogo com a Rússia
    Alemanha: é impossível garantir a segurança da Europa sem a Rússia
    Alemanha nega classificação da Rússia como 'inimigo' em sua nova doutrina militar
    Tags:
    colheita, safra, agricultura, sanções, Alemanha, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik