00:44 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Brexit: reações e consequências (121)
    101
    Nos siga no

    O diplomata belga Didier Seeuws, que foi chefe de gabinete durante o mandato de Herman Van Rompuy como executivo-chefe do Conselho Europeu, vai organizar o processo de saída do Reino Unido, segundo informou a TV belga neste sábado.

    A bandeira de Portugal durante manifestações de 25 de abril, 2016
    © AFP 2020 / PATRICIA DE MELO MOREIRA
    Na última quinta-feira, os eleitores britânicos decidiram em referendo que o Reino Unido vai sair da União Europeia, depois de o Brexit — união das palavras Britain (Grã-Bretanha) e exit (saída, em inglês) — ter conquistado 51,9% dos votos. Com o resultado, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou que deixará o cargo em outubro.

    Seeuws, que foi chefe de gabinete durante o mandato de Herman Van Rompuy como executivo-chefe do Conselho Europeu, vai liderar o processo de saída da Grã-Bretanha, baseado no artigo 50 do Tratado de Lisboa.

    Tema:
    Brexit: reações e consequências (121)

    Mais:

    Como a Rússia pode beneficiar do Brexit
    Chancelaria alemã adverte parar histeria sobre Brexit
    Serra lamentou decisão de britânicos pelo Brexit
    Tags:
    liderança, Brexit, Conselho Europeu, União Europeia, Didier Seeuws, David Cameron, Bélgica, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar