13:37 20 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Presidente ucraniano Pyotr Poroshenko examina a construção de fortificações na região de Donetsk, em 11 de junho de 2015

    Poroshenko visita Donbass e prevê 'escalada das hostilidades'

    © AP Photo/ Irina Gorbaseva
    Mundo
    URL curta
    201594316

    O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, fez uma visita não planejada à região de Donbass, conforme relatou o seu porta-voz, Svyatoslav Tsegolko, em sua página no Facebook.

    "O presidente assinou um decreto sobre a desmobilização da quinta leva da linha de frente, dois quilômetros do novo terminal do aeroporto de Donetsk. A viagem não foi planejada, de modo que os soldados ficaram realmente chocado. Alguns deles disseram que estavam prontos para servir de forma cotnratual", escreveu Tsegolko.

    Em março, Poroshenko havia afirmado que tinha assinado um decreto sobre a desmobilização das tropas da reserva, convocadas durante a quarta leva de mobilização parcial, que durou de 21 de julho de 2014 até 14 de Janeiro de 2015. 

    O presidente ucraniano disse que não tem a intenção de declarar uma nova onda de mobilização. Mais cedo, durante um discurso na frente dos militares na região de Kharkiv, Pyotr Poroshenko disse que a convocação por contrato do exército será aumentado, mas no momento não é possível abandonar o recrutamento e a mobilização. 

    Segundo Poroshenko, a Ucrânia vai continuar a fortalecer as forças armadas, visto que os dias de "pacifismo frívolo" passaram e aumenta a probabilidade de "escalada em larga escala das hostilidades" no leste do país. 

    Mais:

    Poroshenko diz que segurança em Donbass vem antes da reforma constitucional
    Poroshenko discutirá com Hollande sanções contra a Rússia
    Rasmussen aconselha Poroshenko a não buscar o retorno imediato da Crimeia
    Poroshenko reconhece que o avanço nas negociações em Donbass é quase 'nulo'
    Tags:
    hostilidade, conflito, Pyotr Poroshenko, Donbass, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik