18:55 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeiras dos EUA e da UE

    EUA avaliam impacto do Brexit para o TTIP

    © AFP 2017/ Thierry Charlier
    Mundo
    URL curta
    Brexit: reações e consequências (121)
    3941013

    Os Estados Unidos estão estudando o impacto da decisão do Reino Unido de sair da União Europeia (UE) sobre o Acordo de Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento (TTIP) negociado pelas autoridades da UE e dos EUA, segundo declarou o representante de Comércio dos EUA, Michael Froman, em um comunicado nesta sexta-feira (24).

    O TTIP, em negociações desde 2013, envolve a criação da maior zona de livre comércio do mundo. Além dos EUA e dos países da UE, pretendem entrar no projeto Canadá, México, Suíça, Liechtenstein, Noruega e Islândia, bem como os países candidatos à adesão à UE.

    "Estamos avaliando o impacto da decisão do Reino Unido sobre TTIP e estamos ansiosos para continuar nosso compromisso com a União Europeia e as nossas relações com o Reino Unido", afirmou Froman.

    Großdemonstration in Hannover gegen das geplante Freihandelsabkommen TTIP
    © REUTERS/ Kai Pfaffenbach
    Segundo o representante comercial, a justificação econômica e estratégica para a assinatura do TTIP permanece forte.

    Na quinta-feira (23), o Reino Unido realizou um referendo sobre a adesão à UE. De acordo com os resultados finais, 51,9 por cento dos eleitores, ou 17,4 milhões de pessoas, decidiram apoiar a saída do bloco, enquanto cerca de 16,1 milhões se opuseram a ela.


    Tema:
    Brexit: reações e consequências (121)

    Mais:

    Governo Brasileiro e Banco Central avaliam impactos sobre o país após referendo Brexit
    Temer indica Meirelles para avaliar efeitos do Brexit no Brasil
    Hollande se diz decepcionado com o resultado do Brexit
    México corta US$1,68 bilhão do orçamento devido ao Brexit
    Tags:
    referendo, Acordo de Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento (TTIP), livre comércio, acordo, bloco, saída, Brexit, União Europeia, Michael Froman, Europa, Reino Unido, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik