15:09 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Partidário do Brexit celebra vitória no referendo pelas ruas de Londres

    Brexit: 10 reações insólitas ao redor do mundo

    © REUTERS/ Neil Hall
    Mundo
    URL curta
    Brexit: reações e consequências (121)
    282364121

    É um evento histórico, seja ele bom ou ruim, triste ou trágico. A Grã-Bretanha decidiu se retirar da União Europeia, bloco do qual fazia parte desde 1973. Como não poderia ser diferente, a notícia se espalha pelo mundo, gerando os mais diferentes tipos de reações.

    Neste artigo, nós apresentamos uma lista com dez reações bastante curiosas ao Brexit em várias partes do planeta.

    1- Neste jogo de palavras feito pela companhia irlandesa Paddy Power, inspirada no clima da Eurocopa, pela qual a Inglaterra enfrenta a Islândia, nas oitavas de final, na próxima segunda-feira, 27. A brincadeira é sobre as duas grandes preocupações dos ingleses neste momento, o atacante islandês Eiður Guðjohnsen e o ex-prefeito de Londres Boris Johnson, do Partido Conservador.

    2- Do outro lado do Atlântico, outro político conservador, o candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, foi um dos que comemoraram o resultado do referendo de ontem, demonstrando interesse em uma cooperação maior entre o seu país e um Reino Unido livre e independente.

    3- Também nos EUA, outra autoridade no assunto, a atriz norte-americana Lindsay Lohan, a mesma que virou piada na internet brasileira ao publicar e apagar logo em seguida uma mensagem de apoio ao presidenciável tucano Aécio Neves nas eleições de 2014, também decidiu se manifestar sobre o assunto em seu Twitter. Vale destacar que essas publicações, aparentemente, também já foram retiradas pela atriz.

    4- ​Quanto a Michael McFaul, ex-embaixador norte-americano em Moscou, ele se disse chocado pela saída da Grã-Bretanha da UE, apontando o presidente russo, Vladimir Putin, como o grande vencedor do referendo britânico. 

    5- ​McFaul, no entanto, não foi o único a lembrar da Rússia após a vitória do Brexit. O polêmico líder ucraniano, Pyotr Poroshenko, também seguiu na mesma linha, pedindo o prolongamento das sanções contra o país, sempre apontado pelo Ocidente e seus aliados como culpado por tudo que acontece no mundo...

    6- Já para a ex-chanceler da Croácia Vesna Pusic, o rompimento entre Reino Unido e União Europeia pode ser visto como uma queda do muro de Berlim às avessas.

    7- ​Na vizinha Sérvia, o líder do Partido Liberal-Democrata (LDP), Čedomir Jovanović, parece ter aprendido uma lição importante com a polêmica britânica: "O Brexit nos ajudou a compreender a grandeza da UE. E os lixos que estão comemorando aqui o Brexit são a maior prova de que uma Sérvia europeia deve ser criada", escreveu em seu Twitter.

    8- Em Gibraltar, o ministro-chefe Fabian Picardo, que em março havia assegurado que o seu território jamais abandonaria a majestade britânica, parece ter mudado de opinião pouco antes do referendo do Brexit, reconsiderando a possibilidade de Gibraltar se unir à Espanha para se manter na União Europeia: 

    9- Uma internauta, muito celebrada no Twitter, lembrou de uma das possíveis consequências mais graves para a saída do Reino Unido da UE:

    10- Em outra categoria pragmática, o resort Blue Lagoon lembrou aos seus clientes sobre um problema imediato ocasionado pelo Brexit...

    "Queridos hóspedes, gostaríamos de informar que não podemos trocar libra britânica ou escocesa no momento, uma vez que não temos uma taxa de câmbio oficial do Banco Central. Obrigado pela compreensão". 

    Tema:
    Brexit: reações e consequências (121)
    Tags:
    libra esterlina, Brexit, Twitter, Blue Lagoon, União Europeia, Paddy Power, Čedomir Jovanović, Fabian Picardo, Vesna Pusic, Pyotr Poroshenko, Michael McFaul, Vladimir Putin, Lindsay Lohan, Eiður Guðjohnsen, Boris Johnson, Sérvia, Croácia, Ucrânia, Atlântico, Espanha, Gibraltar, Europa, Islândia, Inglaterra, Irlanda, EUA, Reino Unido, Grã-Bretanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik