15:54 25 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Soldados turcos patrulham uma rodovia na província de Sirnak, de população majoritariamente curda

    Turquia dá imunidade a forças militares em ofensiva contra curdos do PKK

    © AFP 2017/ MUSTAFA OZER
    Mundo
    URL curta
    0 48021

    O Parlamento da Turquia concedeu imunidade aos membros das forças armadas do país encarregadas pelo governo de realizar operações antiterroristas, enquanto as forças de segurança combatem militantes curdos em confrontos que já mataram milhares de pessoas no ano passado.

    A lei, aprovada na noite de quinta-feira (23), concede amplos poderes para os militares turcos que tentam acabar com o movimento de insurgência do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) – considerado por Ancara como uma organização terrorista – após o colapso, no ano passado, de um cessar-fogo que durou dois anos. 

    Segundo afirmou o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, 7.500 combatentes curdos do PKK foram "neutralizados" e quase 500 soldados e policiais turcos foram mortos.

     

    Mais:

    Invasão? Curdos sírios relatam que militares turcos cruzaram fronteira
    EUA e Turquia intensificarão luta contra terrorismo... e curdos?
    Moscou: alegações turcas sobre fornecimento de armas russas ao PKK são 'invenção'
    PKK detona uma tonelada de explosivos e mata quatro militares na Turquia
    Tags:
    forças de segurança, militares, contraterrorismo, curdos, imunidade, parlamento, Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), Recep Tayyip Erdogan, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik