19:07 22 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Ataque com amas químicas

    Ataque do Daesh em Raqqa termina com uso de armas químicas

    © AFP 2018 / MARWAN IBRAHIM
    Mundo
    URL curta
    Devastando as sedes do Daesh (65)
    3213

    As forças armadas da Síria sofreram uma forte contra-ofensiva por parte do grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico) nos arredores da cidade de Raqqa, em que dezenas de militares sírios foram vítimas do uso de armas químicas pelos jihadistas.

    A informação foi prestada por correspondentes de mídias locais presentes na região do conflito.

    Um dos serviços de imprensa do Daesh, a Al-Amak, noticiou que durante os combates três militares supostamente russos teriam sido mortos por um carro-bomba, chegando, inclusive, a divulgar suas fotografias, que teriam sido obtidas a partir de seus celulares. A informação, no entanto, ainda não foi comentada pelo Ministério da Defesa da Rússia.

    Já as mídias alinhadas ao governo de Damasco, informaram sobre a morte de um alto general sírio nos arredores da Raqqa – Chefe do Estado Maior da 10ª Divisão do Exército da Síria, Hassan Saadi.

    Após a contra-ofensiva terrorista, as forças sírias deixaram totalmente as regiões da província que estiveram sob seu controle no decorrer das três últimas semanas. De acordo com os próprios soldados, decidiu-se pela retirada "para evitar maiores perdas".

    Soldados do exército sírio carregam um missil a ser disparado contra as posições do Daesh em Raqqa
    © AP Photo / Alexander Kots/Komsomolskaya Pravda
    O Exército sírio vinha há três semanas realizando uma ofensiva no leste e no sul da província de Raqqa. A posição fortificada mais próxima do Daesh fica na cidade de Tabka.

    No início desta semana, A Sputnik recebeu a informação de que o Exército sírio estava participando de combates violentos contra unidades do Daesh pelo controle do campo de petróleo As-Saura, na região oeste de província de Raqqa.

    Antes disso, uma série de mídias sírias e libanesas chegaram a noticiar que, no domingo (19), militares russos conseguiram tomar o controle do campo de petróleo As-Saura, que fica a 10 km da cidade estratégica de Tabka.

    Tema:
    Devastando as sedes do Daesh (65)
    Tags:
    ataque, contra-ofensiva, contra-ataque, Daesh, Síria, Raqqa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik