23:13 24 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Bandeiras dos EUA e da Rússia

    Planos dos EUA para combater espiões russos remetem à Guerra Fria

    © Sputnik / viperagp
    Mundo
    URL curta
    128

    As informações sobre a intenção dos EUA de criar um grupo especial de combate aos agentes da inteligência russa são lamentáveis e "trazem à tona o espírito da Guerra Fria", informou à Sputnik a embaixada da Rússia em Washington.

    Mais cedo, o portal Buzz Feed News havia informado, citando fontes nas agências de inteligência americanas, que o Congresso dos EUA está considerando a possibilidade de criar um novo órgão para localizar e monitorar espiões russos, e que funcionaria nos moldes existentes nos tempos da Guerra Fria. O Departamento de Estado dos EUA se recusou a comentar esta informação.

    Procurada pela Sputnik para comentar o assunto, a embaixada russa em Washington destacou que tais ações são "contrárias à lógica" e remetem ao "espírito da Guerra Fria".

    "Vimos a publicação sobre o assunto. Tudo isso não pode suscitar nada além de lamento" – disse um porta-voz da embaixada russa.

    Mais:

    Embaixada da Rússia não comenta detenção de espião em Roma
    Serviços de segurança russos detêm espião ucraniano preparado pela CIA
    Avião espião da OTAN ronda fronteira russa no Mar Báltico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik