16:01 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 21
    Nos siga no

    Um centro comercial de Bruxelas foi evacuado devido a uma ameaça de bomba, informou nesta terça (21) a agência RTL.

    Um terrorista suspeito foi detido na sequência de uma ameaça de bomba em um centro comercial localizado no centro de Bruxelas. De acordo com o primeiro-ministro belga, Charles Michel, a situação é "muito séria", disse a agência.

    Ele chamou uma reunião de emergência.

    A área do centro comercial City 2 está cercada pela polícia e os sapadores ficam no local, de acordo com a emissora.

    "Um homem foi detido esta manhã às 5h30 pelo horário local (00h30 em Brasília). Suspeita-se que, possivelmente, procurasse o local para instalar os explosivos. A equipe antibomba do Exército está verificando o local," afirmou o porta-voz da promotoria de Bruxelas, citado pela Reuters.

    "Existe a ameaça porque a polícia foi informada que um homem estava carregando um cinto de explosivos, que poderia ainda estar neste edifício", disse um repórter da RTL.

    ​Em 22 de março de 2016, uma série de explosões teve lugar em Bruxelas, capital da Bélgica. Duas delas sacudiram o aeroporto internacional de Zaventem e uma atingiu a estação de metrô de Maelbeek. A cidade foi praticamente paralisada pois ficou quase sem transporte público. 

    ​Como resultado dos atentados no aeroporto, realizados pelos homens-bomba Ibrahim Bakraoui e Najim Laachraoui, morreram mais de 30 pessoas e mais de 170 ficaram feridas.

    O terceiro homem-bomba, Mohamed Abrini, falhou em se explodir, se pôs em fuga mas foi preso em abril.

    Mais:

    Terminal de embarque reabre após atentados no aeroporto de Bruxelas
    Alvo de terroristas em Bruxelas eram voos para a Rússia, EUA e Israel
    Suspeito de atentado admite sua presença no aeroporto de Bruxelas
    Tags:
    Bélgica, Bruxelas, centro comercial, terrorismo, bomba, homem-bomba
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar