22:31 20 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Casa Branca à noite

    EUA negam desviar recursos da luta contra Daesh para derrubar Assad

    © AFP 2019 / SAUL LOEB
    Mundo
    URL curta
    316

    A Administração do presidente dos EUA, Barack Obama, não tem planos para desviar os recursos militares e de inteligência envolvidos na luta contra o Daesh (Estado islâmico), para a luta contra o presidente sírio, Bashar al-Assad. A informação é do porta-voz da Casa Branca, Josh Ernest.

    Além disso, o porta-voz acrescentou que a atual administração não quer cometer erros, como os que foram feitos em 2003, com a invasão do Iraque. 

    John Brennan, diretor da CIA
    © AP Photo / Pablo Martinez Monsivais
    "Os nossos esforços na Síria estão agora concentrados no Estado Islâmico e qualquer oferta de direcionar os nossos recursos militares e de inteligência contra o regime de Assad significa necessariamente redirecionar os recursos dirigidos contra o Estado Islâmico", disse ele aos jornalistas.

    Na última quinta-feira, dois jornais americanos — New York Times e Wall Street Journal — relataram que funcionários do Departamento de Estado dos EUA assinaram uma carta, destinada para uso interno, com um apelo para começar a bombardear as forças oficiais de Damasco. Os oficiais classificaram o plano como ‘única maneira de lutar contra o Estado islâmico e alcançar a paz na Síria. 

    "A política do presidente pode ainda não ter conduzido aos resultados que queremos ver na Síria. Mas ela nos salvou da reputação da administração anterior e dos erros que foram  cometidos. O presidente deixou claro que nem os EUA nem qualquer outro país será bem sucedido, colocando em primeiro plano a solução militar para os problemas na Síria", disse ele.

    O porta-voz acrescentou que é "importante a lição que tenha foi dada a partir da invasão dos Estados Unidos no Iraque em 2003”.

    Mais:

    CIA: Daesh ainda é ameaça séria, Assad está mais forte
    Kerry comentou conversa com Lavrov, declaração de Assad e saída política para crise síria
    EUA: Raqqa tomada por Assad é ‘um pouco melhor’ do que Raqqa tomada por Daesh
    Embaixador: EUA cooperam com Al-Qaeda para derrubar Assad
    Tags:
    terrorismo, Departamento de Defesa dos EUA, Estado Islâmico, Daesh, Casa Branca, Barack Obama, Bashar Assad, EUA, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar