00:29 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    617
    Nos siga no

    A Alemanha poderá começar a aceitar cidadãos de outros países da União Europeia na Bundeswehr (Forças Armadas alemãs), informa o jornal Welt, citando a ainda não publicada nova doutrina militar da Alemanha.

    "A abertura do Bundeswehr a cidadãos da UE não apenas servirá para potenciar a integração e sustentabilidade do pessoal militar [da Alemanha], em uma escala maior, mas se tornará também um sinal explícito para perspectivas da Europa", se lê na nova edição do assim chamado Livro Branco de Bundeswehr, citado pelo jornal.

    A estratégia será aplicada em breve "a determinados grupos-alvos ".

    Como observa o jornal, hoje em dia a Bundeswehr conta com cerca de 170 mil militares, incluindo contratados e outro pessoal militar. No ano que vem, a Alemanha pretende admitir nas suas Forças Armadas mais de 7 mil homens.

    O Governo da Alemanha está se preparando, pela primeira vez desde 2006, para atualizar o Livro Branco sobre a política de segurança nacional do país.
    Anteriormente, o embaixador da Alemanha na Rússia, Rudiger von Fritsch disse que "o Livro Branco ainda não foi publicado e tudo o que é citado sobre ele é uma especulação".

    Mais:

    Alemanha: é impossível garantir a segurança da Europa sem a Rússia
    'Rússia segue sendo sócia importante da Alemanha'
    Alemanha nega classificação da Rússia como 'inimigo' em sua nova doutrina militar
    Tags:
    militares, forças armadas, Bundeswehr, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar