11:27 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 10
    Nos siga no

    A Polícia Federal da Argentina deteve nesta quinta-feira (16) o ex-presidente do banco americano JPMorgan, que possui contra si um pedido de extradição solicitado pelos EUA, informou o ministério argentino de Segurança.

    Segundo as informações, o preso é suspeito de uma série de fraudes em relações aos clientes de seu ex-banco. Durante o ano em que ocupou o cargo de vice-presidente do JPMorgan ele conseguiu realizar oito operações bancárias sem devidas autorizações, conseguindo desviar valores mais do que consideráveis.

    O nome do ex-bancário não foi revelado pelas autoridades. No entanto, de acordo com a Reuters, trata-se de Hernán Arbizu, de 47 anos. Em 2008, ele teria embolsado 5,4 milhões de dólares de seus clientes.

    A previsão, é que ele seja extraditado aos EUA em 22 de maio.

    Mais:

    Snowden pode ser extraditado se for receber prêmio na Noruega
    Mexicanos são extraditados para responder por morte de agente de imigração dos EUA
    ‘Rei da lavagem de dinheiro’ é preso na Colômbia
    Tags:
    extradição, banco, JPMorgan, Hernán Arbizu, EUA, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar