14:23 17 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0131
    Nos siga no

    Segundo o Departamento de Agricultura dos EUA, a Rússia agora está à frente dos EUA no volume de exportação de grãos, com 3,5 milhões de toneladas mais que os Estados Unidos, e excede a exportação do Canadá em 2 milhões de toneladas.

    Em 2014, os EUA ocupavam o primeiro lugar, seguido do Canadá.

    De 130 países, o Egito, a Turquia e o Irã são os principais importadores de grãos produzidos na Rússia. O crescimento da exportação aumentou consideravelmente em 2002, o que favoreceu a sua ascensão ao top ten (lista dos 10 principais) de exportadores mundiais de grãos, permitindo que, pela primeira vez na história da Rússia, em 2016 esta seja a líder nesta lista.

    "A alta do dólar americano jogou um papel importante nisto, somado ao custo de exportação do  grão estadunidense e permitindo a Rússia arrebatar negócios de venda de trigo a compradores habituais do grão norte-americano, tais como a Nigéria e o México," informou Aleksandr Korbut, o vice-presidente da União de Produtores de Grãos da Rússia.

    Korbut afirmou que, se não houver perturbação nas condições climáticas, a Rússia provavelmente irá se manter na frente até o próximo ano.

    Grão
    © Sputnik / Pavel Lisitsyn
    Rússia espera exportar 64 milhões de toneladas da colheita total de trigo deste ano, que está estimada entre 106 e 111 milhões de toneladas, resultando num novo recorde comparando com os 108,2 milhões de toneladas produzidas em 2008.

    Esta é uma tendência recorrente na maioria  dos setores agrícolas nacionais, com a triplicação da produção de carne de porco e a duplicação da produção de carne de aves desde 2006.

    As sanções econômicas ocidentais que foram impostas à Rússia devido ao seu suposto papel no conflito no leste da Ucrânia, "caíram como uma luva" para os agricultores russos.

    A produção excessiva da agricultura permitiu um recorde de $20 bilhões mais de receitas que a venda de armas para a Rússia. Ao mesmo tempo, a importação de alimentos caiu 40%, o que é mais um fator positivo para a economia.

    Mais:

    Agricultura brasileira deve bater novo recorde na safra de grãos 2015-2016
    Evo: Bolívia está prestes a assinar acordos de exportação de gás para Peru e Paraguai
    Gazprom aumenta em 19,8% sua exportação de gás
    Tags:
    Rússia, EUA, Canadá, agricultura, produção de alimentos, grãos, agricultores
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar