10:30 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    251
    Nos siga no

    O chefe da autoproclamada República Popular de Donetsk, Aleksandr Zakharchenko, disse que espera que em breve haja mudanças importantes da situação em Donbass.

    "A mudança vai ocorrer obrigatoriamente. A situação que começou a se desenvolver em 2014 deve chegar a qualquer fim", acredita Zakharchenko.

    Segundo ele é preciso "prestar ajuda" para que a mudança "seja na direção necessária".

    Zakharchenko disse também que a República Popular de Donetsk não vai permitir que as autoridades da Ucrânia tomem sob controle o território da fronteira com a Rússia.

    As autoridades da Ucrânia lançaram uma operação militar contra as repúblicas autoproclamadas de Lugansk e Donetsk em abril de 2014, que tinham declarado a independência após o golpe do Estado na Ucrânia em fevereiro de 2014. Segundo os últimos dados da ONU, mais de 9 mil pessoas caíram vítimas do conflito.

    A questão da regularização da situação em Donbass é regularmente discutida durante as reuniões em Minsk pelo grupo de contato, que já aprovou três documentos sobre os passos de resolução da situação. Mas, entretanto os  confrontos continuam.

    Mais:

    Eleições em Donbass impossíveis durante 2 anos
    Poroshenko reconhece que o avanço nas negociações em Donbass é quase 'nulo'
    Tags:
    acordos, tensão, golpe, independência, conflito, Aleksandr Zakharchenko, Donetsk, Lugansk, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar