03:55 20 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    011
    Nos siga no

    Pelo menos 400 pessoas foram detidas nas últimas horas no estado de Sucre, no leste da Venezuela, acusadas de saquear diversos estabelecimentos em busca de alimentos, segundo informou o governador Luis Acuña.

    Em declarações ao canal de TV Globovisión, Acuña descartou que alguém tenha sido morto em razão das revoltas registradas na última terça-feira, negando acusações feitas por uma deputada da oposição. 

    "Apenas foram registrados 400 detidos. E os mortos não estavam envolvidos nos saques", afirmou. "O que aconteceu ontem são situações que se sucedem nos povoados e nas cidades todos os dias". 

    Atingida por uma recessão econômica provocada pela queda nos preços do petróleo, a Venezuela tem sido palco de inúmeras manifestações nas últimas semanas, muitas vezes seguidas de saques a supermercados e outros estabelecimentos.

    Mais:

    EUA: Kerry apoiou diálogo com a oposição para superar a crise na Venezuela
    Assembleia Geral da OEA busca solução para a crise da Venezuela
    'Consciência humanitária' leva Brasil a oferecer remédios à Venezuela
    Tags:
    Venezuela, Sucre, Luis Acuña, Globovisión
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar