10:07 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira da Coreia do Norte nas ruas de Pyongyang. 11 de abril, 2012

    Agência sul-coreana: comércio exterior da Coreia do Norte sofreu queda de 18% em 2015

    © AFP 2017/ PEDRO UGARTE
    Mundo
    URL curta
    101

    O volume do comércio exterior da Coreia do Norte sofreu uma queda de 18%, comparando com o ano anterior, informou nesta terça-feira a Corporação de Promoção do Comércio sul-coreano - KOTRA.

    “O volume total de comércio exterior da Coreia do Norte em 2015 somou 6,25 bilhões de dólares, contra 7,61 bilhões em 2014”, informou KOTRA. O relatório da instituição destaca que o principal motivo da redução foi a queda dos preços de principais produtos exportados pela Coreia do Norte, inclusive do carvão mineral e de outras matérias primas. As exportações norte-coreanas somaram 2,7 bilhões de dólares (15% a menos, comparando com o ano anterior) e as importações foram de 3,55 bilhões de dólares (redução de 30% na comparação com 2014).

    O déficit comercial da Coreia do Norte em 2015 foi de 850 milhões de dólares — uma redução de 33%, informa KOTRA.

    Segundo as informações da organização, o principal parceiro comercial da Coreia do Norte no ano passado foi a China, responsável por 91,3% de toda a balança comercial norte-coreana, ou por 5,71 bilhões de dólares. A Rússia, em 2015, foi o segundo maior parceiro comercial de Pyongyang, com 84 milhões de dólares. A Índia ocupou a terceira posição, com 77 milhões de dólares, e Tailândia foi o quarto maior parceiro comercial, com 50 milhões de dólares de intercâmbio comercial. 

    Os principais itens de exportação norte-coreana em 2015 foram o carvão mineral e roupas.

    Mais:

    'Coreia do Norte tornar-se-á um paraíso na terra'
    Líder norte-coreano não exclui reunificação pela força com Coreia do Sul
    Ganhadores do Nobel pedem alívio de sanções contra Coreia do Norte
    Tags:
    comércio exterior, Rússia, China, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik