03:24 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1010
    Nos siga no

    O ex-embaixador dos EUA na Rússia, Michael McFaul, durante uma audiência no Congresso norte-americano descreveu a situação das relações entre a Rússia e os Estados Unidos como "trágica".

    "Este é um momento trágico nas relações entre os EUA e a Rússia, eu não aprovo este fato", disse McFaul na reunião da Comissão das Relações Exteriores da Câmara dos Representantes. 

    "A confrontação de hoje é a pior desde a Guerra Fria", afirmou o diplomata.

    "Precisamos de uma abordagem paciente, política e abrangente para evitar a agressão russa, trabalhar com o Governo da Rússia, quando for do nosso interesse nacional e apoiar a sociedade russa", disse o ex-embaixador. 

    Ele propôs um plano de vários pontos, incluindo a assistência à Ucrânia, o reforço da OTAN e a “luta contra a propaganda russa”.

    Anteriormente, o ex-embaixador já havia provocado polêmica ao decrever as relações com a Rússia nas redes sociais, provocando duras críticas da diplomacia russa. Em entrevista a um jornal estônio no início do mês, McFaul afirmou que "as atividades da Rússia precisam de uma resposta adequada" e que os EUA deveriam "de acordo com as necessidades, refrear a Rússia e dar-lhe uma resposta". 

    McFaul foi embaixador para da Rússia entre 2012 e 2014. Agora atua como um professor da Universidade de Stanford.

    Mais:

    Chancelaria russa comenta palavras do ex-embaixador americano McFaul
    McFaul: EUA devem 'refrear' a Rússia
    EUA e Europa divergem sobre revogação de sanções contra a Rússia
    EUA apresentam propostas à Rússia para reforço do cessar-fogo na Síria
    Tags:
    Rússia, EUA, OTAN, diplomacia, embaixador, relações
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar