23:30 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Brexit: reações e consequências (121)
    3 0 0
    Nos siga no

    Os membros das agências britânicas de inteligência e segurança são a favor da continuidade do Reino Unido na União Europeia (UE), questão que será decidida em um referendo no dia 23 de junho, segundo disse à Sputnik o ex-diretor de operações do MI6, Nigel Inkster.

    "Eles não podem tomar uma posição pública, mas preferem manter o status quo", disse Inkster depois de um debate sobre as implicações do Brexit na sede londrina do Instituto Internacional de Estudos Estratégicos (IIEE).

    A colaboração com as agências dos outros Estados-Membros da UE ante a ascensão do "islamismo transnacional" está entre as principais razões que inclinam os chefes de inteligência e espionagem britânicos a rejeitar a saída da UE, segundo afirma o especialista.

    "Frente à ameaça de um terrorismo transnacional qualquer nível de cooperação é importante e a colaboração entre serviços e governos que compartilham os mesmos valores e culturas é sempre mais fácil do que com aqueles que não compartilham", disse Inkster.

    Para ele, a saída da UE terá "implicações de longo prazo", derivadas principalmente de uma "percepção generalizada do declínio do poder de influência da Grã-Bretanha".

    "A Rússia vai se sentir mais poderosa frente à Grã-Bretanha, com mais possibilidades de exercer influência, principalmente econômica, no setor financeiro e nas relações comerciais”, observou.

    Por outro lado, de acordo com a análise do diretor da IIEE para Ameaças Transnacionais e Riscos Políticos, "será mais interessante para o Reino Unido ter melhores relações econômicas e comerciais com a Rússia".

    Tema:
    Brexit: reações e consequências (121)

    Mais:

    A esperança permanece: Ucrânia fará parte da UE dentro de 10 anos
    Rússia e UE podem iniciar levantamento mútuo e gradual de sanções
    Cameron: sair da UE seria reduzir a Grã-Bretanha à ‘pequena Bretanha’
    Pesquisa: cresce o pessimismo em relação à UE nos países do bloco
    Tags:
    terrorismo transnacional, cooperação, inteligência, serviços secretos, referendo, Brexit, IIEE, União Europeia, MI6, Rússia, Inglaterra, Reino Unido, Grã-Bretanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar