00:26 21 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    O candidato à presidência dos EUA pelo Partido Republicano, o bilionário Donald Trump

    Trump polemiza de novo na Internet após tiroteio em boate gay de Orlando

    © AP Photo/ Andrew Harnik
    Mundo
    URL curta
    Massacre em boate nos EUA (25)
    430

    O candidato presidencial republicano dos EUA Donald Trump reagiu ao tiroteio mais mortífero da história dos Estados Unidos com um tweet em que agradeceu o suposto reconhecimento de quem lhe deu “razão” sobre o extremismo islâmico. O comentário despertou revolta entre os internautas.

    "Agradeço os parabéns por ter razão sobre o terrorismo islâmico radical. Eu não quero parabéns, quero tenacidade e vigilância. Temos de ser inteligentes!", escreveu o magnata norte-americano após a tragédia.

    ​Como de costume, a declaração de Trump causou controvérsia. Nas redes sociais, internautas criticaram amplamente a posição do republicano que, segundo eles, "usa a tragédia para somar pontos políticos".

    ​Um deles escreveu: "E parabéns por ser o maior canalha na Internet — e na vida":

    ​"Parabéns Donald! 50 mortos. Para onde enviamos o champanhe, idiota?", diz outro comentário em resposta ao tweet.

    ​O tiroteio que matou 50 pessoas e feriu outras 53 em uma boate gay de Orlando no último domingo foi perpetrado por um cidadão norte-americano que, segundo o FBI, jurara fidelidade ao grupo terrorista Daesh, autodenominado Estado Islâmico.


    Tema:
    Massacre em boate nos EUA (25)

    Mais:

    Trump classifica atentado de Orlando como demonstração de ódio islâmico
    Trump convidou os partidários de Bernie Sanders a votar nele para a presidência dos EUA
    Kremlin comenta palavras de Clinton sobre suposto apoio da Rússia a Trump
    Tags:
    eleições presidenciais, Twitter, Internet, extremismo islâmico, mortos, ataque terrorista, tiroteio, boate gay, Estado Islâmico, Daesh, FBI, Donald Trump, Orlando, Flórida, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar