17:42 25 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    111
    Nos siga no

    A polícia de Bangladesh prendeu cerca de 3.150 pessoas nas últimas 24 horas, informou a imprensa local neste sábado.

    A polícia de Bangladesh prendeu cerca de 3.150 pessoas nas últimas 24 horas, após uma onda de crimes violentos no país.

    Desde fevereiro, vários não-muçulmanos — incluindo cristãos, hindus, escritores e ativistas liberais — foram assassinados. O crime mais recente aconteceu na última sexta-feira, quando um padre hindu quase foi decapitado.

    Segundo o canal Sky, a operação nacional anticrime foi iniciada após o primeiro-ministro, Sheikh Hasina, prometer capturar cada um dos assassinos.

    O canal informou ainda que a maioria dos detidos era composta de criminosos comuns. Estima-se que entre os mais de três mil presos apenas 65 sejam integrantes de grupos militantes, que assumem a autoria da maioria dos ataques.

    Mais:

    Raios mataram 59 pessoas em três dias no Bangladesh
    Militante LGBT da embaixada dos EUA é assassinado em Bangladesh
    Premier de Bangladesh defende punição para emigrantes ilegais
    Tags:
    assassinatos, prisões, polícia, Bangladesh
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar