06:59 21 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    019
    Nos siga no

    Se as informações sobre a suspensão da transmissão da RT na Argentina forem confirmadas, esta decisão não irá corresponder ao caráter das relações entre os dois países, declarou o embaixador da Rússia na Argentina Viktor Koronelli.

    Em seu discurso por via telefónica a partir de Buenos Aires, o diplomata disse que a embaixada russa ainda não recebeu nenhuma notificação oficial sobre o assunto e que a embaixada iria examinar o caso para "verificar esta informação com a maior brevidade possível".

    "Se correspondesse à realidade, essa seria uma decisão mais do que estranha e que não está muito clara no seu motivo. Acho que esta decisão vai limitar o acesso da população argentina à informação objetiva sobre os acontecimentos no mundo e não vai corresponder em nenhuma medida ao carácter das relações bilaterais que foram elevadas ao nível de uma parceria estratégica universal", disse Koronelli.

    Anteriormente, a RT tinha informado que as autoridades argentinas decidiram interromper o sinal de corrente no sistema de Televisão Aberta Digital, medida que, segundo meios de comunicação locais, foi tomada com a intenção de liberar frequências para televisões provinciais.

    Se trata do encerramento das transmissões na rede estatal gratuita, no entanto a RT continuará operando na televisão por cabo, precisa a cadeia.

    O canal entrou na rede estatal da Argentina, em outubro de 2014, por um convênio correspondente, assinado pelo presidente russo Vladimir Putin e a então presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner.

    A rede televisiva RT inclui três canais de notícias que transmitem 24 horas por dia a partir de Moscou para mais de 100 países do mundo em espanhol, inglês e árabe, assim como o canal RT América que transmite a partir de seus próprios estudos em Washington, um canal de documentários e a agência global de vídeos RUPTLY, que oferece material exclusivo para todo o mundo, de acordo com o site da entidade.

    Mais:

    Macri 'apaga' os vestígios do passado na Casa Rosada
    Votou em Macri e se arrependeu? Ganhe um desconto!
    Macri abre Argentina para duas bases estratégicas dos EUA: Cone Sul em perigo?
    Tags:
    Argentina, Rússia, RT, suspensão, emissora, televisão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar