00:30 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    O ministro da Economia alemão, Sigmar Gabriel, durante participação no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça

    'Rússia segue sendo sócia importante da Alemanha'

    © REUTERS / Ruben Sprich
    Mundo
    URL curta
    261
    Nos siga no

    A Rússia continua sendo um sócio de fundamental importância para a Alemanha, conforme assegurou o ministro da Economia e vice-chanceler alemão, Sigmar Gabriel, em entrevista ao portal Russlandkontrovers.de.

    "A Rússia tem sido e segue sendo um sócio extremamente importante para a Alemanha e a economia alemã, apesar da atual crise das relações econômicas bilaterais", garantiu Gabriel. 

    Segundo o ministro, a economia russa começou a apresentar problemas já em 2013, antes da crise ucraniana e das consequentes sanções da União Europeia contra Moscou. E, no início de 2014, fez-se notar um declive que continua até hoje e afeta o comércio entre Rússia e Alemanha.

    "As sanções, especialmente financeiras, aceleraram e reforçaram essa tendência. Por exemplo, dificultaram o financiamento de grandes projetos de infraestrutura", destacou, acrescentando que a queda dos preços do petróleo também influenciaram negativamente a economia russa. 

    Para Gabriel, não obstante "as dificuldades que obviamente se prolongarão durante um tempo", Rússia e Alemanha são capazes de "superar profundas discrepâncias e seguir cooperando mesmo em condições difíceis". 

    Mais:

    Alemanha não considera mais a Rússia como país parceiro
    Banco Mundial melhora previsão de recuperação da economia russa
    Tags:
    sanções, economia, União Europeia, Sigmar Gabriel, Europa, Moscou, Alemanha, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar