17:54 03 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    451413
    Nos siga no

    As Forças de Autodefesa do Japão (JSDF em inglês) estão prontas para "reagir em conformidade" a qualquer possível invasão das águas territoriais do Japão, disse o chefe do Estado-Maior Conjunto das JSDF nesta quinta-feira (9).

    Ainda antes, a agência japonesa Kyodo tinha dito que Tóquio tinha manifestado preocupações em relação à intersecção de um navio chinês na zona adjacente às águas territoriais do Japão perto das ilhas Senkaku, em disputa entre os dois países (China e Japão), no mar da China Oriental.

    "As ações unilaterais que resultam em aumento da tensão são um motivo de preocupação. Queremos evitar qualquer escalada da situação, mas em caso de invasão das águas territoriais iremos reagir em conformidade", disse Kawano.

    Ele acrescentou que o navio chinês tinha sido contatado via rádio, mas não forneceu quaisquer detalhes das negociações.

    As relações entre o Japão e a China foram afetadas negativamente pela disputa sobre as ilhas inabitadas no Mar da China Oriental. Os japoneses chamam-lhes Senkaku (o nome é reconhecido internacionalmente), enquanto na China eles têm o nome de Diaoyu.

    Em 2014, o Japão e a China tinham acordado reduzir as tensões sobre as ilhas em disputa. Mas os navios chineses invadiram repetidamente em 2015 as águas territoriais do Japão perto das ilhas Senkaku.

    Mais:

    Japão em alerta militar frente a ameaça de mísseis balísticos norte-coreanos
    Japão e EUA querem 'juntar os esforços' para evitar novo horror
    Tags:
    disputa marítima, relações, preocupação, tensão militar, navio, Mar da China Oriental, Japão, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar