23:54 13 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    102
    Nos siga no

    A Corte Suprema de Justiça da Argentina determinou nesta terça-feira que apenas os sindicatos podem declarar, a partir de agora, uma greve geral. Desse modo, passarão a ser ilegítimas todas as medidas de força que convoquem grupos informais de trabalhadores, segundo informaram à Sputnik fontes judiciais.

    "A tensão entre direitos [...] foi resolvida subordinando o exercício do direito de greve ao cumprimento de determinadas condições ou precauções. E uma dessas precauções é a de que a decisão de fazer greve seja adotada por uma associação sindical", destacou o tribunal. 

    Mais:

    Presidente da Argentina é hospitalizado com arritmia cardíaca
    Maradona pediu desculpas aos venezuelanos pelo governo da Argentina
    Argentina quer ficar mais junto do Pacífico sem abandonar Mercosul
    Macri abre Argentina para duas bases estratégicas dos EUA: Cone Sul em perigo?
    Tags:
    sindicatos, trabalhadores, greve, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar