19:32 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    As eleições presidenciais no Cazaquistão, abril 2011

    Cazaquistão se torna alvo da Primavera Islâmica

    © AFP 2019 / VYACHESLAV OSELEDKO
    Mundo
    URL curta
    2210
    Nos siga no

    O Cazaquistão pode se tornar um dos principais alvos dos radicais islâmicos e a primeira vítima de uma revolução semelhante à Primavera Árabe, escreveu nesta terça (7) o jornal Izvestia, citando o presidente do Instituto de Países do Oriente Próximo, Yevgeny Satanovski.

    Anteriormente, o grupo radical militar do Exército de Libertação deo Cazaquistão assumiu a responsabilidade pela série de ataques terroristas em Aktobe.

    ​No comunicado emitido pelo grupo extremista se dizia que "esta é a primeira etapa de combate, realizado pelos partidários do desenvolvimento democrático do Cazaquistão".

    "Esta é uma etapa da Primavera da Ásia Meridional. Sua estratégia consiste em destruir o Cazaquistão como Estado e parar o fornecimento de combustíveis para a China", disse Satanovski.

    De acordo com o especialista, no Cazaquistão existem muitas organizações semelhantes ao Exército de Libertação do Cazaquistão, e a chegada deles ao poder, derrubando o governo oficial, representa uma grande ameaça para a Rússia.

    Segundo a informação divulgada pelo jornal russo Kommersant, o ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, visitará o Cazaquistão e o Turquemenistão esta semana.

    Ministro da Defesa russo Sergei Shoigu
    © Sputnik / Russian Defense Ministry
    Ministro da Defesa russo Sergei Shoigu

    Shoigu vai conversar com os seus homólogos sobre a segurança regional e a luta contra o terrorismo, depois do recente ataque no Cazaquistão contra uma loja de armas.

    A fonte informou que, por enquanto, nada indica que Moscou pretenda enviar um contingente especial para a ex-república soviética. Segundo ele "os cazaques são capazes eles próprios de lidar com os criminosos".

    Homens armados, provavelmente radicais religiosos, atacaram no domingo passado (5) a loja de armas Pallada, em Aktobe, tento morto um vendedor, um guarda de segurança e um cliente. Foram ainda feridos três policiais e outro cliente. 

    As autoridades cazaques declararam o regime de operação antiterrorista, que resultou em 12 extremistas mortos. Sete conseguiram escapar e são procurados pelas forças de segurança.

    Mais:

    Rússia planeja lançar Glonass na Armênia, Bielorrússia, Cazaquistão e Nicarágua
    Presidente do Cazaquistão chega a Moscou para o Dia da Vitória
    Cazaquistão adotará castração química e divulgação de dados pessoais para deter pedófilos
    Tags:
    governo, derrubada, radicais islâmicos, Primavera Árabe, ataque, terrorismo, Ministério da Defesa (Rússia), Sergei Shoigu, Aktobe, Rússia, Cazaquistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar