00:00 17 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Jihadistas de Frente al-Nusra affiliada a Al-Qaeda entram na cidade de Aleppo no norte da Síria

    Frente Nusra não consegue capturar vilarejo na província de Aleppo

    © AFP 2019 / AMC / FADI AL-HALABI
    Mundo
    URL curta
    Síria depois de Palmira (73)
    6131

    As forças armadas da Síria impediram terroristas da Frente Nusra de capturar o vilarejo de al-Hamra, na província de Aleppo, informou neste domingo o Centro Russo para Reconciliação síria.

    Distrito de Saif al-Dawla, em Aleppo, Síria
    © REUTERS / Hosam Katan/File Photo
    “As forças do governo impediras as tentativas de terroristas da Frente Nusra de capturar a vila de al-Hamra em Aleppo”, divulgou o Ministério da Defesa em comunicado.

    O número de assentamentos que  aderiram ao cessar-fogo sírio aumentou para 134, informaram os militares russos.

    “Nas últimas 24 horas, um acordo de trégua com representantes de uma área habitada na província de Daara foi alcançado. O número total de áreas habitadas que aderiram ao processo de reconciliação já chega a 134.”

    O regime de cessar-fogo, negociado por Rússia e EUA, entrou em vigor no dia 27 de fevereiro em toda a Síria, mas organizações terroristas como a Frente Nusra e o Daesh não aderiram.

    Tema:
    Síria depois de Palmira (73)

    Mais:

    Aleppo sofre mais uma violência brutal
    Nem um dia de paz: ataques em Aleppo deixam vítimas entre civis
    Frente Nusra bombardeia Aleppo e provoca pelo menos quatro mortes
    Tags:
    cessar-fogo, ofensiva, Frente Nusra, Ministério da Defesa (Rússia), Síria, Aleppo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar