08:11 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Seul, Coreia do Sul

    Seul espera por ações concretas de Pyongyang

    © Sputnik / Petrov
    Mundo
    URL curta
    303
    Nos siga no

    A Coreia do Sul não tem a intenção de dialogar com a Coreia do Norte até que Pyongyang dê passos concretos em relação ao seu programa nuclear, afirmou neste sábado (4) o ministro sul-coreano de Defesa, Han Min-koo.

    Anteriormente, a Agência Telegráfica Central da Coreia difundiu uma declaração de um representante do Partido do Trabalho da Coreia, segundo a qual Seul deve "deixar seus motivos ocultos e entrar em negociações abertas se quiser melhorar as relações com a Coreia do Norte".

    "A recente proposta da Coreia do Norte sobre o diálogo na ausência de declarações sobre a desnuclearização é uma proposta enganadora sobre a paz, que não tem nenhuma sinceridade", disse o ministro sul-coreano, citado pela Yonhap, durante a Conferência Internacional de Segurança no Círculo do Pacífico, realizada em Singapura.

    Ele salientou que Seul não irá começar "tal diálogo absurdo" e acrescentou que as propostas da Coreia do Norte são feitas unicamente para aliviar as sanções internacionais aprovadas contra Pyongyang em resposta ao recente teste nuclear e aos lançamentos de mísseis balísticos.

    A tensão na região Ásia-Pacífico voltou a aumentar depois que Pyongyang levou a cabo o seu quarto ensaio nuclear no passado mês de janeiro e um mês após o lançamento de um foguete com um satélite, o que poderia ser um teste encoberto de um míssil balístico, com alcance de 12.000 quilômetros.

    No dia 2 de março de 2016, o Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade a resolução 2270 que endurece as sanções contra Pyongyang para que o país renuncie ao seu programa nuclear e aos lançamentos de mísseis balísticos, já proibidos por resoluções anteriores da Organização.

    Mais:

    Coreia do Norte planeja aumentar seu potencial nuclear em resposta às manobras dos EUA
    Coreia do Norte acusa EUA de ameaça nuclear
    Mídia: EUA podem enviar porta-aviões nuclear para a Coreia do Sul
    Pyongyang ameaça EUA e Coreia do Sul com 'ataque nuclear preventivo'; Rússia reage
    Tags:
    política externa, desarmamento, arma nuclear, ONU, Pyongyang, Seul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar